quinta-feira, 4 de outubro de 2012

Um olhar psicanalítico sobre a peça "Atos de Paixão"



"Ao notar-se embaraçado entre o sim e o não ao casamento com Maria – entre a submissão e a autonomia – Gercindo considera que a resposta encontra-se alhures. Cogita solicitar as indicações de sua mãe, declaradamente a favor da sua união com
uma mulher, mas termina por recorrer ao poder religioso. Sendo assim, na iminência da cerimônia, agarra-se ao padre Gusmão, figura da divindade, equivalente da materialização da sua necessidade de salvação. Mais do que uma resposta, ele parece em busca de uma autorização para manter-se desejante. Obtém a atenção cristã, mas a vontade divina se inscreve absolutamente na contramão do seu desejo".

MELLO, Renata. UM OLHAR PSICANALÍTICO SOBRE A PEÇA ATOS DE PAIXÃO, DE TÚLIO HENRIQUE PEREIRA. Fragmento do artigo a ser publicado no periódico “Caderno de Estudos do Discurso e do Corpo” do Labedisco/UESB/CNPq/Sorbonne Nouvelle – Paris 3.

Nenhum comentário: